LOJA MAÇÔNICA HARMONIA E VERDADE 1793

Nome: HARMONIA E VERDADE Nº 1793
Data da Fundação: 18/09/1969
Endereço: RUA ANTÔNIO MARTINS PARREIRA QD.12 LT.04 Bairro: CENTRAL
Cidade: SANTA HELENA DE GOIÁS - GO  Cep: 75.920-000
Sessão: QUINTA Rito: BRASILEIRO

TÍTULOS:
26/10/2007 - CINQÜENTENÁRIO DO GOEG
26/01/2005 - BENFEITORA DA ORDEM
14/10/1998 - DEDICAÇÃO MAÇÔNICA


Estandarte da Loja Maçônica Harmonia e Verdade 1793


Antigo templo da Loja Maçônica Harmonia e Verdade 1793

HISTÓRICO DA LOJA MAÇÔNICA HARMONIA E VERDADE Nº 1793

No final da década de 50, mais precisamente no dia 11 de outubro de 1959, reuniram-se os irmãos Filogônio Cabral, José Almeida Rezende, Lauro Marques, Jair César da Cunha, Evêncio Santos Sousa, Alberto Tannús, César de Freitas Silva, Hélio de Oliveira, Mário Morais e outros. Esses irmãos vieram de diversos Orientes, como: Uberlândia, Anápolis, Goiânia e Rio Verde. Reuniram-se na residência do Irmão Filogônio Cabral, precisamente na Rua 4 quase esquina com a Rua 12, na tentativa de fundar a Loja Maçônica “Harmonia e Verdade”, nome este escolhido pelo Irmão César de Freitas Silva, e aceito por todos os outros. Funcionou esta Loja, em módulo e Triangulo, de outubro de 1959 até junho de 1963, quando adormeceu, e assim se passaram seis anos. Mas é bom lembrar que neste período da Loja provisória, os Irmãos promoveram diversos eventos para angariar fundos, que foram utilizados para adquirir o terreno onde foi construído o Templo situado à Rua Paulo Lopes, bem como para cobrir as despesas com o feitio dos móveis e demais utensílios que foram usados pela Loja durante várias décadas. Passado este período de “adormecimento”, no início de 1969, com esforço conjunto de vários Irmãos, surgiu a ideia de funda em definitivo a “LOJA MAÇÔNICA HARMONIA E VERDADE”.

No dia 18 de setembro de 1969, às 20 horas, reuniram-se na sala do Fórum de Santa Helena, os seguintes Irmãos: César de Freitas Silva, Evêncio Santos Sousa, Waldemar Antônio Borges, Jose Gouveia do Carmo, Emilio Veloso do Carmo, Wilson Queiroz Silverio, Orcalino Ferreira Guimarães e outros da Loja Maçônica Estrela Rioverdense, com o objetivo de fundar esta Loja, conforme consta da ata de fundação.

Na mesma reunião, ou seja, na mesma sessão, foi eleita a Diretoria Provisória, encabeçada por Waldemar Antônio Borges, que ocupou o cargo de Venerável.

Esta Loja Maçônica funcionou de 18 de setembro de 1969 até 09 de julho de 1970, na sala de audiências do Fórum, e de 09 de julho de 1970 até 30 de outubro de 1971, na sede provisória, em um barracão ao lado da Loja Maçônica.

No dia 31 de outubro de 1971, a Loja foi regularizada, recebendo definitivamente a sua carta constitutiva.

O Irmão Waldemar Antônio Borges, eleito na diretoria provisória, foi venerável por 2 anos, 9 meses e 4 dias, ou seja, no dia 18 de setembro de 1969 até 21 de junho de 1973. Em sua administração foi fundada, construída e regularizada esta Loja Maçônica, ficando assim a ordem numérica de todos os Veneráveis:

1º - Waldemar Antônio Borges – 18/09/69 a 21/06/73, fundou, construiu e regularizou.

2º - César de Freitas Silva – 21/06/73 a 05/05/75, primeiro Venerável a realizar iniciação, elevação e exaltação. Também em sua gestão foi alterado o rito, do Escocês para o Brasileiro.

3º - Wilson Gouveia do Carmo – 05/05/75 a 24/06/77, realizou várias iniciações, elevações e exaltações.

4º - Waldemes Ribeiro de Menezes – 24/06/77 a 29/06/78.

5º - Wilson Queiroz Silvério – 29/06/78 a 28/06/79, realizou mandato tampão, em vista a renúncia de seu antecessor Waldemer.

6º - Wilson Queiroz Silvério – 28/06/79 a 06/06/81. Exerceu este mandato por eleição, período em que conseguiu por doação do Estado de Goiás uma gleba rural de cinco alqueires nas proximidades da cidade, bem como adquiriu por comodato do mesmo prédio que anteriormente abrigava o antigo Grupo Escolar Nelson Siqueira.

7º - João Batista de Sena – 06/06/81 a 16/06/83, Primeiro mandato, período em que foi construída a Creche Eny de Freitas Conceição. Ainda neste mandato, com a providencial interferência do Irmão Albanir, a Loja Maçônica recebeu em doação do Sr. Eny de Freitas Conceição o terreno onde foi edificada a mencionada Creche, bem como a área de nossa Chácara. Em sua homenagem, âmbar levam o nome do gentil doador.

8º - João Batista de Sena – 16/06/83 a 16/06/85. Incansável trabalhador, e antevendo à época um futuro promissor para esta Loja Maçônica, em seu segundo mandato conseguiu de seu saudoso Tio, o senhor Sebastião Ferreira de Sena, a doação do terreno onde foi edificado este Templo.

9º - Gilberto Cruvinel Guimarães – 16/06/85 a 25/06/87.

10º - João Batista de Souza – 25/06/87 a 29/06/89.

11º - Wilson Queiroz Silvério – 29/06/89 a 28/06/91 (terceiro mandato).

12º - Valdeci Rodrigues Monteiro – 28/06/91 a 17/06/93.

13º - Jair Marini – 17/06/93 a 22/06/95.

14º - José Salvador Benfica – 22/06/95 a 19/06/97.

15º - Arlindo Bezerra de Queiroz – 19/06/97 a 17/06/99, período em que foi construído na Chácara o Salão de Festa Waldemar Antônio Borges.

16º - Roberto Martins Spadoni – 17/06/99 a 21/06/2001.

17º - José Bernardo Neto – gestão 2001/03.

18º Adalberto Carmo de Morais – gestão 2003/05.

19º - Pedro Luiz Kressim – gestão 2005/07.

20º - Wilson Queiroz Silvério – gestão 2007/09.

21º - Ruiter Tavares de Oliveira – gestão 2009/11.

22º - José Bernardo Neto – gestão 2011/13.

23º - Luciano Aparecido Takatsu – gestão 2013/15.

As informações acima prestadas, até o ano de 2011, foram objeto de trabalho de pesquisa feito pelo Irmão Epaminondas Valim Franco (Chete).

No domingo do dia 18 de outubro de 2009, com a presença de vários Irmãos, dentre eles o eminente Grão Mestre Estadual, Irmão Eurípedes Barbosa Nunes, foi lançada a pedra fundamental do novo Templo, situado à Rua Antônio Martins Parreira, quadra 12, lote 04, centro nesta cidade (Santa Helena de Goiás).

Aproximadamente dois anos depois, mais precisamente no dia 06/04/2011, soa a administração dos Irmãos Gilberto Cruvinel Guimarães, Ruite Tavares de Oliveira e Wilson Queiroz Silvério, durante a gestão do Venerável José Bernardo Neto, iniciou-se de fato a construção do novo templo, mediante a serena administração do saudoso mestre de obras Vilson Ferreira de Freitas.

Em 29 de julho de 2012, novamente com a presença do Eminente Grão Mestre Estadual, Irmão Eurípedes Barbosa Nunes e sua ilustre comitiva, bem como de membros de várias lojas vizinhas, totalizando 114 Irmãos, foi realizada a sagração deste novo templo, que muito deverá contribuir para a edificação da família Harmonia e Verdade.

É bom lembrar que o custo desta obra foi de aproximadamente de R$ 500.000,00 (valor equivalente a aproximadamente oitocentos salários mínimos vigentes à época), quantia oriunda da venda de uma gleba rural de 5 alqueires, que foi adquirida através de uma doação do Estado de Goiás, local onde se situava um Colégio Agrícola na fazenda do Sr. Valeriano Silveira Leão. No dia 16/06/76, tendo como Venerável o saudoso Irmão Wilson Gouveia do Carmo, a Loja Maçônica encaminhou um Ofício ao então Governador Irapuan Costa Júnior solicitando a doação do terreno que, posteriormente, contou com o oportuno apoio de políticos influentes na época, dentre eles o saudoso Turmim Azevedo, que foi Deputado Estadual e Presidente da Assembleia Legislativa, bem como do Senhor Antônio Garcia que exerceu o mandato de Prefeito desta cidade por um período.

Três anos depois, na gestão do Irmão Wilson Queiroz Silvério, foi dirigida uma correspondência ao saudoso Turmim Azevedo, então Deputado Estadual, na qual solicitava seu apoio na referida solicitação de doação. No dia 28/05/81, com o providencial apoio do Irmão Jair Assis Ribeiro, então Grão Mestre do Estado de Goiás, bem como dos políticos já citados, a Loja Maçônica recebeu a escritura definitiva da referida gleba.

Trabalho apresentado no dia 25/08/2013 pelo Irmão Gilberto Cruvinel Guimarães, por ocasião das comemorações do Dia do Maçom, Dia dos Pais, primeiro aniversário de Sagração do novo Templo e entrega da Comenda Cruz da Perfeição ao Irmão Epaminonda Valim Franco.

Agradecemos ao Irmão Wilson Queiroz Silvério pelo envio deste histórico para a divulgação no site da Loja Maçônica Luz no Horizonte 2038.

 


Novo templo da Loja Maçônica Harmonia e Verdade 1793 sagrado em 29/07/2012

LOJA MAÇÔNICA HARMONIA E VERDADE PARTICIPA DE DESFILE

Por ocasião das comemorações dos 69 anos da cidade de Santa Helena de Goiás, a Loja Maçônica Harmonia e Verdade 1793 participou do desfile comemorativo nessa sexta-feira, dia 20 de outubro de 2017.

 

Abel Tolentino
WebMaster